quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Desafios no facebook e carência

Boa noite gente, tudo bem?
Hoje vim falar de um assunto que está me deixando um pouco irritada ultimamente (mas ai também lembro que a maldita tpm me faz ficar mais irritada que o normal, então talvez por isso eu esteja extremamente irritada e quase desativei meu face agora pouco, mas enfim...), que são os desafios no facebook.


Começarei pelo #icebucketchallenge, que como todos sabem, aqui no Brasil é conhecido como: "Desafio do balde de água com gelo", que tem como propósito a arrecadação de dinheiro para ajudar nas pesquisas da doença ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica). Esse desafio começou com o Mark Zuckerberg (sim, o criador do nosso tão amado facebook). Foi um dos melhores desafios que já vi, não pelo fato de ver a reação dos famosos ao jogarem um balde de água fria na cabeça, mas por ver como isso deu certo e foi arrecadado muito mais do que era necessário para essa doença que necessita de mais pesquisas. Não conhecia a respeito dela, mas com essa repercussão nas redes sociais, fui procurar saber mais sobre isso e vi o quanto ela é triste. Porém (tudo tem um porém, nunca se esqueçam disso), o desafio que era algo sério, começou a perder seu propósito. Então pessoas aleatórias no facebook, eram desafiados por outras pessoas aleatórias, cumpriam o desafio, postavam os vídeos e desafiavam outras pessoas, se tornando um ciclo. O problema maior é que não estavam doando nem um mísero centavo para as pesquisas, então acabou se tornando uma modinha, infelizmente.
Depois desse desafio (que continua, mas bem tímido), apareceu o #stopthebeautymadness, que no Brasil se chama: "Parem com essa loucura de beleza". Fui pesquisar mais e descobri que é uma campanha que foi inventada por uma escritora chamada Robin Rice, que quer acabar com essa imagem de "beleza ideal" criada pela sociedade, onde as mulheres não se sentem satisfeitas com suas aparências. Então algumas meninas resolveram aderir a essa ideia (fantástica por sinal) e postar fotos nas redes sociais, de "cara limpa" usando a hashtag: #stopthebeautmadness. Porém (olha ele aqui novamente), outra ideia legal que perdeu seu propósito, pois virou moda qualquer menina no facebook, postar uma foto com as hashtags: #nomakeup #nofilter falando que foi desafiada por uma amiga e que agora está desafiando outras amigas, e mais, se elas não cumprirem o desafio, podem dar: Maquiagens, caixas de chocolate, etc etc...
Agora eu pergunto uma coisa para vocês: Você realmente precisa ser obrigada a postar uma foto sem maquiagem para se sentir melhor? Ou então postar essa foto pra querer que as pessoas comentem que você está linda? Fiquei me perguntando isso por horas... Não é postando uma única foto sem maquiagem, que você vai se sentir mais bonita. Você vai se sentir mais bonita, quando realmente se enxergar. Quando aprender a amar suas qualidades e defeitos. Quando sair na rua sem maquiagem e não se importar. Ou seja, sendo quem você realmente é.
Não sei se deu pra entender o meu ponto de vista, mas o que eu quis dizer é: Não precisa espalhar pro mundo inteiro que você está ajudando alguém ou como você é sem maquiagem para se sentir melhor. Você pode ajudar pessoas e ninguém precisa ficar sabendo disso, você pode sair sim com a cara lavada e não precisa ocupar os feeds de notícias alheios com isso. Ultimamente as pessoas andam muito carentes e querem a todo momento chamar atenção... Querem comentários, curtidas, elogios, só para se sentirem melhor. Pois se elas não conseguem isso nas redes sociais, pra que fazer parte de uma? Porque realmente, no mundo real, as pessoas não falam: "Que linda" a todo momento e você precisa ouvir isso, pois não acredita.
Enfim, só consigo dizer que não aguento mais essas futilidades... ou seriam, pessoas fúteis?

Nenhum comentário:

Postar um comentário