quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Era uma vez... um conto macabro

Tenho que fazer meu projeto final do inglês e o tema escolhido foi: Os contos de fadas reais.
Por quê? Pensamos em N coisas e quando pensamos na Disney, essa ideia veio a nossa cabeça, porque afinal, todos conhecem as histórias bonitinhas e fofinhas da Disney né? Mas elas nem sempre foram assim, aliás, as histórias da Disney, são a versão clean das histórias, porque as originais são bem macabras.
Bom, vou contar um pouco pra vocês sobre os escritores dessas histórias, não sei se vocês já ouviram falar, mas em 1785 e 1786, nasceram Jacob Grimm e Wilhelm Grimm, respectivamente. Eles eram alemães e se dedicaram a registrar fábulas infantis e ficaram conhecidos como: Os Irmãos Grimm. Enfim, eles que registraram a maioria dos contos que conhecemos hoje.


Minha princesa preferida sempre foi a Branca de Neve, tanto que quando era pequena, assistia umas 10 vezes por dia e sempre chorava na parte que ela morria, ai pedia pros meus pais voltarem a fita, até antes dela morrer, e chorava tudo de novo... E sim, eu fazia isso por horas... hahahhaa
Mas a história da Branca de Neve, de acordo com os irmãos Grimm é terrível, por exemplo, (vou resumir porque ela é grandinha, e se eu postar aqui, ninguém vai ter coragem de ler hahaha), a rainha pede para o caçador matar Branca de Neve (até ai, ok, igual ao desenho), porém ela pede que ele retire o fígado e coração da Branca, pois ela irá comê-los. (ecaaaaaa) Mas o caçador não consegue, devido a beleza da menina, então ele deixa-a fugir e retira os órgãos de um javali que corria pela floresta, para levar pra Rainha. Então Branca foge, e conhece os anões. A Rainha pensa que ela está morta, come os órgãos e pergunta para o espelho, que é um verdadeiro dedo-duro e acaba contando o endereço completo, com CEP de onde a Branca (somos íntimas mesmo), está escondida. Os anões haviam alertado a (burrinha, foi mal Branca, mas você é burrinha, de verdade) sobre a madrasta má (Rainha) ir atrás dela, mas ela nunca vê maldade nas pessoas e quando a Rainha se fantasia de velha, pintando o rosto (pois é, não tem nada de se tornar velha), e vai até a casa dos anões (que não estavam lá, pois são mineradores), para vender um corpete para Branca, a mesma deixa a velha colocar um nela. A velha/Rainha, aperta tanto, que Branca de Neve fica sem ar e desmaia. Os anões chegam, ela está DES MAI A DA, e decidem cortar a fita do corpete, então ela volta a respirar. Enquanto isso, a Rainha volta linda e bela, e pergunta pro espelho novamente quem é a mais bela de todas as belas e ele, novamente dedurando a Branca de Neve, diz que ela ainda vive. A Rainha fica com um recalque enorme e decide voltar outro dia pra casa dos anões, então coloca sua melhor roupa de velha e parte pro ataque. E o que a Branca faz? Novamente dá trela pra velha... no começo ela hesita, mas depois cai na da rainha... A Rainha levou pra ela um pente envenenado, e penteia o cabelo dela, mas no momento que o pente toca sua cabeça, Branca de Neve desmaia. A Rainha vai embora toda feliz, achando que matou a coitadinha. Os anões chegam e a Branca tá estirada no chão, ai eles encontram o pente e tiram do cabelo dela. Alertam ela novamente sobre a rainha... A Rainha pergunta pro espelho de novo, e ele novamente diz que Branca está viva. Então ela decide fazer uma maçã envenenada, porém metade é maçã normal e a outra metade envenenada. Leva pra casa dos anões e a Branca de Neve, não quer acreditar na outra velha (rainha is back bitches) e fala que não vai comer. Então a Rainha diz algo do tipo: Scuta aki kiridinha, você acha que eu vou te envenenar? Claro que não, olha só. E come a parte da maçã que não tem veneno. Ai a Branca pensa: Onw, que fofa, ela só quer me dar essa linda maçã, então vou comer a parte vermelha. E ai gente, já era. Ela não é Juliana, mas volta novamente a ficar DES MAI A DA. Quando os anões chegam e encontram ela daquele jeito, choram por dias, pois não acharam nada que pudesse fazê-la acordar. Então eles fazem uma redoma de vidro e colocam a Branca lá. Enquanto isso a Rainha pergunta novamente pro espelho e ele diz, finalmente, que ela é a mais bela. Ai passam-se anos, até que um dia chega um príncipe e encontra essa redoma. Ele fica alucinado pela beleza da Branca de Neve e quer levar a redoma com ela dentro, MORTA viu gente? Porque está apaixonado (a análise psicológica diz que o tarado queria praticar necrofilia mesmo, af), e os anões não deixam, mas ele insiste tanto, que eles cedem, e quando a redoma é colocada em cima de um cavalo e balança, Branca acaba se desengasgando do pedaço de maçã que estava entalado na garganta dela (não sei como não apodreceu e a lagarta que estava dentro, deve ter virado borboleta... Imagina o bafo, falando em bafo, reparem que não teve beijo para despertá-la, ou seja, fomos enganados). Ela acorda e acha o amor de sua vida (A Elsa não aprova esse lance de se casar com um cara que você nem conhece, mas fazer o que?...) e eles decidem convidar a rainha para o casamento. Quando ela chega, leva um susto e reconhece a Branca, porém eles já haviam preparado para ela, sapatos quentes em brasa, que são colocados em seus pés e ela é obrigada a dançar até a morte. Fim. OU SEJA, olha isso gente, que absurdo contar uma história dessas pras crianças. Ai tem toda a análise psicológica desses contos, que acabam tornando eles mais macabros do que já são...
A Bela Adormecida por exemplo, tem até estupro. Enfim, as vezes é bom ver que toda história tem dois lados e que nem tudo é tão bonitinho e fofo quanto parece, porque afinal, essas personagens são representações de figuras humanas e todos tem seu lado bom e seu lado ruim né?
Espero que vocês tenham gostado!
Ah, e pra quem quiser ler os contos, é só procurar na internet, "Os contos de fadas reais dos Irmãos Grimm" e quem quiser pesquisar sobre a psicologia envolvida neles, tem um livro chamado: "A psicanálise dos contos de fadas - Bruno Bettelheim".


Beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário